A compra e venda de imóveis, deixou de ser uma prática regida apenas pelos costumes.

Diante do crescimento da economia e das novas formas de se fazer negócio, auxílio jurídico para essa prática se mostra cada vez mais necessário para a concretização de um ato seguro e afastado de riscos.

Elaboração de contrato de promessa de compra e venda, análise jurídica do perfil de compradores e vendedores, emissão de certidões, boletos para pagamento das taxas devidas referentes à transmissão do imóvel, dentre outras, são funções que exigem a participação de um escritório de advocacia, objetivando que nenhum imprevisto venha a surgir no curso da compra, mesmo que de boa-fé pelas partes contratantes.